(xi) tonalidades

Michael Kiwanuka – Love and Hate (ao vivo para o the current)

é nas manhãs de inverno que se olha para trás e se vê o caminho já feito.

é nas manhãs de inverno, onde o café tem o sabor amargo das dores vividas mas simultaneamente nos aquece a alma por dentro e nos dá aquele kick de arranque para mais um dia.

deito o olho pela janela e espreito o vazio.

cumprimento os meus demónios, (bom dia como vão?)

sigo para o duche, a água quente apazigua a mente!

Anúncios

(x) tonalidades

Alice Phoebe Lou – Walk on the wild side (Lou Reed cover)

as dores no corpo nem todas são da gripe.

a verdade é que ao olhar o vazio por vezes vejo o reflexo do meu rosto, barba de 4 dias a revelar que mais um ano e toda ela estará branca.

há dias em que parte de mim pede, suplica para ficar ali imóvel. no vazio como que uma tentação por uma qualquer necessidade de sentir.

deixo isso para os instantes.

deixo isso para os pequenos olhares no vazio.

breves segundos para auto controlo de um complexo mar de sonhos e sentimentos que habita na minha mente, mas felizmente para tudo existe acalmia.

o sorriso regressa mas a dor de garganta resistirá por mais uns dias até a gripe passar.

os meus dias têm sido longos

e ainda nem comentei o fim da canção para o “enorme” Charles screaming eagle of soul Bradley!

 

mais do que uma voz marcante, uma força de vontade descoberta tardiamente mas que veio a tempo de cativar uns quantos fãs.

eu era um deles, obrigado charles!

(vii) tonalidades

Radiohead – I Promise (versão do álbum oknotok)

I won’t run away no more, I promise

um de três originais que não foram lançados no álbum ok computer, com uma cadência em crescendo é nos agora dado a conhecer, que nem um cálice de oporto, um vintage que qualquer apreciador teria adorado consumir incessantemente numa cassete em 1997!

(talvez pudesse ter sido um hino na minha adolescência, uma doutrina do acreditar, do não desistir!)

(vi) tonalidades

Beirut – Une Soirée de Poche para a  La Blogothèque

A Sunday smile, we wore it for a while
A Sunday mile we paused and sang

estranhamente os franceses conseguem cantar bem melhor do que falar em inglês…

o video começa propositadamente com um sorriso de domingo (mas toda a sessão vale a pena ser ouvida!).

um sorriso de domingo porque é dia da mãe.

um sorriso de domingo porque está sol e o corre uma brisa fresca pela minha face vinda das janelas abertas.

um sorriso de domingo porque sim!

porque o sorriso é sincero e é a base do amor.